play_list

A graça do Reino

Ouvi um testemunho, onde havia uma pessoa possessa tocando um piano na igreja, e chamaram o pastor para orar e expulsar. Uma pausa, se eu ou você fosse esse pastor, e recebesse essa missão de orar por libertação, o que faríamos? Ou qual seria nosso primeiro pensamento? “Meu Deus me ajuda”, “Deus me perdoa…”, “Eu recebi toda autoridade no céu e na terra…”, “Vai ser moleza, é só dizer: Sai em nome de Jesus”, ou “É melhor chamar uma pessoa mais santa do que eu”. Voltando a história, esse pastor teve diversos pensamentos como este, ao chegar para orar (e com certeza com um pouco de medo rs) ele gritou: “Sai em nome de Jesus”, e então????? Nada aconteceu…

What???? A pessoa continuou tocando o piano com uns acordes muito tensos e com uma sonoridade fria, escura, triste e sombria. O pastor então começou a orar, e o Espirito Santo falou para ele: Você precisa amar essa pessoa, não encarar ela como um bicho ou monstro que pode fazer algo ruim para você, ela está aprisionada, ela precisa é ser amada. Então esse pastor sentou no piano junto com esta pessoa possessa, e a abraçou cantando: “ A graça do Reino de Deus é pra mim e pra você, minha vida foi gerada em Deus, para abençoar você, e Jesus nos edificará, nossas vidas frutificarão, sou um vaso pra te amar e abençoar”, após isso ele expulsou de forma doce e silenciosa, e a pessoa voltou ao normal totalmente comovida e se sentindo amada por causa do amor de Jesus manifestado ali. Esse testemunho me quebrou, pois às vezes eu e você nos tornamos pessoas tão religiosas que esquecemos do amor, da bondade e da simplicidade. Julgamos as pessoas antes de conhecê-las, seja no trabalho, escola, igreja, em casa, na sociedade, acabamos entrando em discussões que poderiam ser resolvidas com amor, não temos paciência, não nos entregamos ou não cedemos em prol do outro, e na correria das coisas, e da nossa vida, acabamos esquecendo do amor simples e profundo de Jesus. Que nosso coração anseie por esse amor, que nossas orações seja “Deus nos de mais amor, queime nosso coração com uma pura paixão, nos ajude a amar primeiro antes do servir, antes do fazer…”, somos chamamos para manifestar o Reino de Deus, e com certeza neste reino o amor é chave, Jesus tinha compaixão pelas pessoas, Ele podia sentir o que elas sentiam. Que em todas as coisas o amor puro e genuíno seja nosso primeiro desejo e mandamento sempre!

 

Felipe Graciano

 

Sem Comentários

Postar um comentário

Comentar usando o Facebook

FemecSP